sábado, 29 de agosto de 2009


Acorde!


Acorde homem!
O sol o convida
Para ver o florir...
É hora da ciranda da vida:
Animais, vegetais e minerais
O lindo matiz respira e aspira
Um cheiro bom!
Acorde homem; só tu que hibernas!
O que sonhas?
Com as MATAS, aquela que tu matas
Com a floresta, a pouca que resta
Acorde homem, saia de tua toca!
Troque um simples olhar com as flores
Namore com as aves....
Sobrevoe bosques e lagos nas asas dos pássaros
Acorde, banhe-te com o crepúsculo!
Cante ao Criador
Acorde homem para ver o mar e seus peixes!
Antes que as nuvens radioativas toque a canção da morte
Venha viver a vida
Venha assistir a primavera,
E aprender com as borboletas o processo da liberdade
Homem não durma a vida inteira
Venha lambusar-te de mel
E aprender com as abelhas
O belo da primavera
E muito mais, saber que Deus nunca dorme

Nenhum comentário:

Postar um comentário