quinta-feira, 10 de junho de 2010

Sua visita


Fico esperando
Como antigamente
As mulheres esperavam
Seus noivos,
Como as lamparinas acesas
Não sou como os insensatos
Há óleo para a noite inteira
Você não veio
Fiquei só
Virá outro dia
Estarei a esperar
Não sou digno
Que entres em minha casa
Diga apenas uma palavra....
Minha espera se ameniza
Minha casa é sua
Apenas uma palavra...
Serei como Maria
Vou escolher
O que não me será tirado
Ouvir-lhe os ensinamentos
Estarei aqui
Com minha rude luz

2 comentários:

  1. Minhas portas também estão abertas para o Senhor! Como é boa essa espera... esse esperar é que nos incentiv a caminhada diária em meio as tribulações e caminhos tortuosos... Eis-me aqui, Senhor! E Ele nos chama.
    Nos versos 2 e 5, corrija o "com" por "como".
    Observando...
    Shalon! Ju

    ResponderExcluir
  2. Outro pitaco... no verso 6, corrija o "com" por "como"; o verso 7, substitua "a" por "há", porque tenho a impressão de que quer indicar a presença do óleo na lamparina, por isso deve colocar o ver no lugar do artigo, ok?
    Deus o abençoe, Ju

    ResponderExcluir