sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desinteressante

Não as vejo no jardim, flores Com dores traçamos destinos Balas traçantes, mortes, triste instante Só noticias frias, sem poesia Cambale...