quinta-feira, 1 de abril de 2010

Fazer o bem


Tudo quanto, pois quereis que os
homens vos façam, assim façai-o
vós também a eles;.... Mt.7:12





Aos poucos vamos nos reconhecendo...
Quero amar e não me envolver
Quero falar e não ouvir
Quero ser servido e não servir
Quero ser visto e não ver
Aos poucos vamos nos desconhecendo
Não aprendemos nada....
Nas engrenagens do meu eu
Faltam um amputar de Deus
Somos mecânicos, imagem de homem
Um robô melhorado
Fazer o bem me falta
Posso fazer, não faço
Me pego ao pecar
Espero um retorno
Nada de graça
Nas engrenagens do meu eu
É preciso morrer esta máquina
E lembrar-me sou a imagem de Deus
Me nego aos domingos
Nos outros dias me revisto
De enganos
Meu olhar é escuro
Minto aos homens
Me escondo de Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário