sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

O novo


Nos fogos o comemorar
Nas taças as mesmices
Comemorar, as tolices
Celebrar os velhos hábitos
Nada muda... se nada muda
Se não nascer de novo
Nicodemos não irá saber
O que é o viver
Escola dos homens.
Não ensina viver
Tanta tecnologia
Tanta filosofia
Homem carne e silício
Lições de neuroses
Compulsão, híbrida ação
Homem e máquina
Só haverá um novo
O mudar por dentro
Não da água, não da carne
Nascer em espírito
Expirtar a soberba
Um renovar de mente
Buscar compreender
A vontade do Criador
Senhor do tempo
Do espaço
Na terra, no céu



3 comentários:

  1. Meu amigo,
    Que ao findar esse ano de 2010, você possa estar de coração aberto para receber e enfrentar um 2011 de paz e amor, pois a cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma benção de Deus.
    Adorei o post , adorei o blog está maravilhoso.
    Feliz 2011!!
    abraços
    Mari

    ResponderExcluir
  2. Meu estimado amigo, mais uma vez os seus pensamentos conseguem transmitir algo que aqui dentro de mim também esta a pensar. Não adianta um ano novo, quando não se tem uma renovação do ser, um recomeço próprio... sábias palavras!

    Também quero lhe desejar um recomeçar sereno e com os pés no chão. Fico grato a Deus por ter colocado em minha vida uma pessoa tão interessante e tão interessada no ser humano como um todo. Fico feliz por ter esbarrado em sua vida.

    Que seus desejos, esteja em sintonia com a vontade de Deus meu amigo.

    Abraços!!

    J.C

    ResponderExcluir
  3. Meu irmão, um feliz ano novo pra vc e toda a família! Já coloquei um poema seu no meu blog hein rsrs
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir