quinta-feira, 26 de agosto de 2010

O chamado


Tenho pouca visão
Em enxergar as lágrimas
Angústias não verbalizadas
Tenho pouca visão em observar
Há uma dor no outro
Minha visão rasteira
Superficial não vê
O profundo de uma dor
Tenho um sonho que é só meu
Não me aquieto
Corro com meu pensamento
Gessado em só me observar
A ciência do conhecimento
Os pensamentos alçam voos
A arte de criar
O excessivo enfadar
As asas dos meus voos
Na poluição dos aplausos
Eu não me enxergo
Em um silenciar
Em meu quarto
Eu não me enxergo
Em cuidar dos outros
Observar as lágrimas
E em silêncio
Dizer eu vou te ouvir
Iremos chorar
Iremos sorrir
Eu e você
Sou todo seu
Hoje iremos olhar
Além das estrelas
Falaremos com Deus
Precisamos nos enxergar

5 comentários:

  1. SIM! precisamos nos enxergar, olhe no brilho dos olhos, enxergar além da dor, além dos sonhos, enxergar a verdade de cada ser, que só ele mesmo sabe qual é!
    adorei
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Que benção irmão Aguiar!
    Não sabia que você tinha um blog!!
    Que Deus abençoe e que continue te inspirando.
    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada! =)
    nao se supreenda com as mudanças rs
    beijos e paz

    ResponderExcluir
  4. Enxergar, ouvir é uma lição dura... o Senhor, nosso Deus, tem nos ensinado! Somos tão inconstantes, tão apressados, sem paciência: ouvir o outro para quê? Só mudamos nosso pensamento, quando não mais vivemos, mas quando Cristo vive em nós! Que bênção viver!

    ResponderExcluir
  5. Há sempre a voz do bem nos chamando, querendo que possamos nos enxergamos como Deus nos fez, sem pesos e sem medidas.
    Devemos nos lembrar de celebrar isso mais vezes.

    ResponderExcluir