quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Solitário X Solidário


O que vale como virtude
Solitário ou solidário
O solitário caminha sozinho
Não reage as ações conjuntas
Solitário vive a atmosfera de
construir um templo de si mesmo
Toca a canção doentia do seu silêncio
Não ouve, não atende aos outros
O Solidário constrói junto
Crê na força da união
Sofre junto
Sabe dividir
Não é dono da verdade
Sabe incluir
Com as mãos sempre abertas
Para colher os que sofrem
Vive um mundo sem cadeado
Aberto a todos
Ao ensinar a solitários
A serem solidários.

Um comentário:

  1. Meu irmão Aguiar, antes de qualquer coisa, rogo q me perdoe por demorar responder. Foram 3 os motivos que geraram essa demora: a falta de tempo, a velha desculpa de deixar para depois e a grande respondabilidade que era a resposta pedida nos seus e-mail. o senhor me deu um responsabilidade muito grande quando me pediu para avaliar os seus textos.

    Quem sou eu para fazer tal coisa?

    Acho q poesia tem a ver com sensibilidade. Poesia não se limita a: usar figuras de linguagem; fazer uso da licença poética para fugir da chatiche da gramática (eu nem acho tão chata assim, ateh gosto); rimar e procurar as palavras certas. fazer poesia não é só isso, mas é também isso. Para mim, a principal caracaterísticas da poesia eh falar do q se sente.

    Quando dois poetas se encontram em versos, duas almas parecidas deixam o sentimento de solidão, pois uma reconhece como companheira a alma do outro.

    O reconheci como companheiro de sensibilidade em alguns poemas de sua autoria. Agradeço a Deus por conhecê-lo.

    Flávio Américo

    ResponderExcluir