quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Ler


Pergunte-se...pergunte-se !
O que significa ler?
Um livro frente aos olhos?
Para muitos é isto, infelizmente
Um livro, um verso, uma frase
Em frente aos olhos não é nada
Estamos armados até os dentes
Internamente em guerras...
Precisamos nos desarmar
Com esta qualidade de coração...
Resultado de medo, raiva
Resultado de inveja e da ganância
Não se pode ler... somos ignorantes
Não é possível ...não se ler
Há um grande abismo
Pobres e ricos...
Pergunte-se... Pergunte-se
Que os são?
Quem deveria sentir vergonha
Não é o pobre mas quem cria pobreza
O intelectualismo precisa ler
Não apenas as palavras
Ler o rosto, as emoções
Ler o chão onde se planta
Tudo pode ser páginas
A África e sua fome...
Fomos exilados da atualidade
E por inerência ...
Fomos expulsos do futuro
Pergunte-se o que estamos lendo?
Se for esperança de vida
Ensine as crianças
Elas precisam ler
Crianças e lágrimas não combinam.

3 comentários:

  1. Tão bom recebê-lo em meu cantinho meu amigo, tua presença é luz saiba disso!

    O pobre e o ingênuo não geram pobreza, que a faz são os poderosos, pegando tudo, tudo para sí e deixando migalhas para milhões. Se eles aprendessem a ler os olhos de uma criança triste nunca mais, mais nunca mais mesmo leriam os livros do egoismo...

    Que o mundo mude, e as pessoas junto com ele.

    ResponderExcluir
  2. QUe Poema@@@!!!
    Ler é mais que juntar as letras e formar palavras. Ler mesmo é reconhecer um intraduzivel.
    Parabens. Belas Palavras,.

    ResponderExcluir
  3. Concordo Janaina Cruz com tudo que disse.
    E saber que tem gente que não se sensibiliza com a lágrima de uma criança nem mesmo com uma poesia tão linda!!!
    Continue assim irmão fale com a alma.
    Pois se nós nos calarmos até as pedras clamarão!!!

    ResponderExcluir

Desinteressante

Não as vejo no jardim, flores Com dores traçamos destinos Balas traçantes, mortes, triste instante Só noticias frias, sem poesia Cambale...