sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Retalhos


Fiz um poema...
Retalhos de palavras
Pode parecer curto
Ora cobre a cabeça
Não os pés
Inquieta minh'alma...
A imagem dará sentido
Em dias de frios
Em dias vazios
Eu dou de presente
Ao frágil, ao doente
Sob ele as palavras
Darão sentido
A quem dorme
A quem assiste o dormir
E na manhã buscar
Retalhos de pessoas
Faze-los ouvirem
Remendo velho
Em vestido novo
Não veste bem
Fiz um poema
Para acordar os que dormem
Mas a Palavra veio primeiro
Em tecido inteiro
Cuide dos frágeis
Palavras de Jesus

2 comentários:

  1. oi amigo
    belo poema, vendo este post temos que ajudar as pessoas.
    um maravilhoso dia com muitas alegrias bjs

    ResponderExcluir
  2. Muito real seu poema
    Meus patabens pela escrita!
    um abraço!

    ResponderExcluir