sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Real

Eu posso me tornar possível
Seu olhar irá dizer
Minha origem virtual
Possível em ser real
Se nutre em você
Este meu possível viver
Assim como na semente
Vejo uma árvore
Eu virtual em seu olhar
Eu real em seu sentimento
Correr um risco
Um fingir virtual
Um pior real
Uma indiferença
Nada sustentável
Eu posso me tornar possível
Semente, árvore, fruto
Que solo tu és ?
Quando bato em sua porta
Me recebes ou fazes silêncio
Realmente finges me ouvir
Ou virtualmente
Mentes
Cristão acepção
Gentis com os gentis
O Mestre não ensinou assim
Templos de amigos
Virtuais e não reais
Ao homem natural tudo é possível.
Não mais a imagem de Deus.

4 comentários:

  1. Mais uma vez com palavras possantes e cheias de simplicidades...

    Abraços amigo, J.C esta atento ao seu espaço.

    Boa semana pra ti.

    ResponderExcluir
  2. Ainda somos um campo pronto para a semeadura, germinemos, espalhemos as sementes que recebemos do grande e bendito semeador!!!
    Eis a semente lançada! Gostei.
    Ju

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela linda netinha.
    Que Deus abençoes ricamente a vida de Shophia

    Neiva.

    ResponderExcluir
  4. Meu amigo, hoje em dia são tão poucos os amigos reais que não tem como o ser humano se sentir solitário.
    Estava pensando esses dias, tenho um amigo que tem inúmeros amigos no orkut, as pessoas lhe escrevem : "EU TE AMO" "TE ADORO" etc, e ele se sente muito bem quando está no computador, depois que desliga, é como se ele também se desligasse, na realidade ele tem poucas pessoas para conversar, ou para que ele possa se sentir importante

    ResponderExcluir