segunda-feira, 2 de julho de 2012

Essência


Triste fim é assim
Razão por demais
Nos inquietou
Matou, feriu, destruiu
A essência esquecida
Dela os pássaros dependem
Dela abelhas e flores
O homem não percebe
A racionalidade de ter
A razão que destrói
As ruínas marcam nossa passagem
Nossa essência estudos de ciências
A imagem de Deus se perdeu
O homem um retrato opaco
Da essência desta terra
Somos criados, imagem...
Não rascunho.... opaco
Seres com alma
Me resta saber
Como serão as vidas
Guiadas por robôs humanoides?
Ocupando praças, projetando vidas
Não mais a essência Divina
Máquinas imagens dos homens
Vidas sem Vida.

6 comentários:

  1. Puxa! Perfeito! Parabéns, amigo!
    Como escreve bem esse meu amigo!
    Um abraço, irmão!

    ResponderExcluir
  2. Temo meu amigo, temo que para o mundo restem os humanoides, sem sensibilidade, nem amor ao próximo.

    To um pouco sumida, mas é por uma boa causa, meu primeiro livro tá saindo aí, eu to feliz demais viu???

    Muitos abraços para você e sua família.

    ResponderExcluir
  3. Amigo Aguiar. É para mim uma honra estar no seu blog, poder ver e ler as belas palavras aqui contidas. Seu blog é uma benção, fiquei maravilhado, seu amor a Jesus nota-se nas palavras escritas, continue a ser esta grande benção, a deixar-se usar pelo grande Oleiro. Quero aproveitar a oportunidade para partilhar o meu blog : Peregrino E Servo. Vou ficar muito feliz se tiver a gentileza de fazer uma visita ao meu blog e deixar um comentário. Deus te abençoe ricamente.
    António Batalha.

    ResponderExcluir
  4. Como sempre, mais um grande poema com ricas e intensas palavras.
    Você retratou uma verdade muito dolorosa. Com a crise que
    afeta diversos países por aí, tem sido muito mais vantajoso e eficaz a substituição de pessoas por máquinas.
    Até aí, bem... digamos que tudo anda normalmente. Só que os robôs estão tomando conta do mundo. Os seres de ferro ganham mais espaço... e os sentimentos, onde ficam? Robôs facilitam e muito a vida das pessoas, mas a ESSÊNCIA humana, que você retratou no poema acaba ficando em segundo plano, esquecida...
    Imagine se o nosso país fosse tão avançado quanto o Japão? Oh, Deus.

    Um abraço!!!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Venho agradecer o senhor pela opinião deixada em meu blog; é sempre bom poder contar com comentaristas que podemos contar sempre.
    Com referente ao texto é sempre muito bom poder apreciar o que escreve com muita sensibilidade.

    Grande abraço,

    ResponderExcluir
  6. Olá.
    Adorei seu blog,muito bom mesmo.
    Sabia que agora seu blog pode aparecer em destaque em um portal.
    Isso mesmo,acaba de entrar no ar o "Portal de blogs Teia",um super agregador de conteúdos exclusivo de blogs,feito com muito carinho e atenção.E o melhor de tudo ,é grátis,rápido e não necessita cadastro .
    Você é nosso convidado especial.
    Até mais
    Alfredo/Teia

    ResponderExcluir